Crucificado e mutilado, suposto “espião” é nova vítima do EI

Desde que tomaram o poder de um grande território na Síria e no Iraque, membros do EI (Estado Islâmico) estão condenando pessoas arbitrariamente e punindo-as cruelmente de acordo com sua interpretação radical da sharia, a lei islâmica. Este homem foi crucificado publicamente e sofreu nas leis do Estado Islâmico por ser julgado como um espião.
Share on Google Plus

Sobre Sandra Silva

O melhor e mais publicado da net vc encontra aqui! no ta rolando na net.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário